Comissão debate situação dos postos de combustível em Campinas (SP)

Campinas (SP) – A Comissão de Economia e Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Campinas, presidida pelo vereador Fernando Mendes (PRB), debateu as dificuldades enfrentadas pelos de abastecimento e as adulterações do combustível na cidade.

O encontro contou com a presença do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Campinas (Recap), Flávio Campos, do diretor executivo da Recap, Caio Augusto, do proprietário do Auto Posto Cazzonatto, Antônio Cazzonato, e do ex-gerente de posto de combustível, Márcio Campioni.

“A cada R$ 4, cerca da metade é imposto. A sonegação é muito grande. Isso implica em uma concorrência desleal”, afirmou Flávio Campos, reiterando que a Recap desenvolve mecanismos para auxiliar o cliente, por exemplo, como o selo de qualidade, desenvolvido por um laboratório independente, trazendo credibilidade ao estabelecimento e confiabilidade ao consumidor.

Dono de posto de combustível há mais de 30 anos, Antônio Cazzonato, disse prezar pela qualidade do serviço prestado ao cliente. “O problema das pessoas é trocar o confiável pelo mais barato. O segredo é você conhecer o posto em que abastece para não ter problemas futuros”, afirmou Cazzonato.

O vereador Fernando Mendes avaliou o encontro como proveitoso para esclarecer dúvidas dos consumidores. “Sem dúvidas, a reunião da comissão trouxe muitas informações e pode esclarecer várias questões sobre os problemas que a população tem enfrentados na hora de abastecer. Por isso, trouxemos o presidente da Recap e pessoas que trabalham e já trabalharam nessa área para esclarecer a dúvida dos que estavam presentes”, afirmou Mendes.

Texto: Caroline Turbano / Ascom – vereador Fernando Mendes
Edição: Agência PRB Nacional