FRB promove Curso de Lideranças Femininas em Guarulhos

Guarulhos (SP) – A Fundação Republicana Brasileira (FRB), realizou no último sábado, 1, no auditório da Universidade Brasil, mais uma edição presencial do Curso de Lideranças Femininas.

Pela primeira vez, a FRB levou a formação específica para as mulheres de Guarulhos. A aula foi conduzida pela cientista política e comunicóloga Daniela Rabello, que palestrou para mais de 150 pessoas. O coordenador da Subseção da FRB/SP Eduardo Verrone também estava presente. O curso foi solicitado pela deputada estadual Edna Macedo (PRB/SP).

Rabello iniciou a palestra mostrando a trajetória da mulher na política e sua evolução. Reforçou a necessidade das mulheres serem líderes e participativas no que diz respeito à coisa pública. “Vocês são capazes de disseminar, cobrar e formar lideranças. A sua participação é fundamental para que as mudanças aconteçam”, lembrou.

Para a professora Sara Soraya de Andrade, a aula foi gratificante. “O curso é muito bom porque consegue fazer as mulheres focarem nelas, no sentido de ter outra visão da política, porque a política não é bem vista, né? Foi isso que a palestrante conseguiu nos passar: nós temos que fazer o nosso legado e priorizar o nosso espaço nesse contexto político. É para estarmos ali presentes, atuando e focando nesse meio”, destacou.

Para a deputada estadual Edna Macedo, a formação é fundamental para as mulheres da comunidade. “As palavras da palestrante despertam na mulher aquele empoderamento que ela já tem naturalmente. Ela precisava de uma palavra, de uma força e de reconhecer a história, desde as épocas mais antigas, da importância da mulher na sociedade. Então realmente foi um encontro maravilhoso, com mulheres que participaram, questionaram e fizeram valer a pena”, concluiu. Também participou do curso a prefeita de Francisco Morato, Renata Sene.

Para o deputado Jorge Wilson PRB/SP, o país hoje precisa cada vez mais da força feminina. “Depois desse curso, as mulheres que conseguiram participar entendem o diferencial que elas são na sociedade, não só na constituição da família e do trabalho diário. Fora esse papel, que é de fundamental importância, elas têm que ter tempo para se posicionar perante à sociedade como as grandes líderes que são. Então, depois desse curso, não tenho que dúvidas que formamos aqui futuras vereadoras, futuras deputadas e quem sabe futuras presidentes da República”, enfatizou.

Por Eulla Carvalho – Ascom FRB
Fotos: PRB São Paulo