Gilberto Abramo quer que governo explique aumentos de combustível

Brasília (DF) – No mês passado, a Petrobras anunciou que o diesel será reajustado a cada 15 dias. O fato motivou o deputado federal Gilberto Abramo (PRB-MG) a sugerir à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara, um debate sobre a política de preços de combustíveis. Por sugestão do republicano, serão convidados o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque; o ministro da Economia, Paulo Guedes; e o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

O deputado do PRB argumenta que a estatal não explica as razões para a mudança, que novamente surpreendeu o mercado. “Só no mês passado foram quatro reajustes. No final de 2018, o preço do combustível voltou a subir e, até agora, a alta acumulada em 2019 é de 18,5%”, criticou o parlamentar.

Para Gilberto Abramo, encher o tanque com gasolina nos postos brasileiros tem significado, nos últimos anos, um peso no bolso dos motoristas. “Queremos saber o motivo de o Brasil ser um dos 15 maiores produtores de petróleo do mundo e estar em segundo, também no ranking mundial, entre os países de combustível mais caro”, finalizou o republicano.

Texto: Fernanda Cunha / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Douglas Gomes