Projeto prevê a proibição de copos descartáveis em órgãos públicos

Brasília (DF) – O deputado federal Vavá Martins (Republicanos-PA) protocolou na terça-feira (10), o Projeto de Lei nº 4942/2019, que proíbe o uso de copos descartáveis em órgãos públicos federais, estaduais e municipais.

Segundo dados do Banco Mundial, o Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico no mundo, são cerca de 11,3 milhões de toneladas, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China e Índia. Em média o brasileiro produz 1kg de lixo plástico por semana, sendo reciclado apenas 9%, uma porcentagem baixa diante da produção alarmante de resíduos plásticos.

Para Vavá Martins, esse projeto é fundamental. “Os resíduos plásticos tem um baixo teor de reciclagem, além de poluir o meio ambiente. Pode e deve ser substituído por copos de outros materiais. Em média são usados 720 milhões de copos descartáveis por dia, por isso devemos começar agora, o meio ambiente pede medidas emergenciais e esse projeto vida justamente isso, agir e dar exemplo”, afirmou o parlamentar.

Segundo o parlamentar, outro problema grave é a poluição que o plástico causa na qualidade do ar, do solo e sistemas de fornecimento de água. “Sua queima ou incineração pode liberar na atmosfera gases tóxicos extremamente prejudiciais à saúde humana”, alerta Vavá Martins. Ele explica que o descarte ao ar livre também polui reservatórios subterrâneos de água e ao se deteriorarem viram micro-plástico, detrito que já é encontrado no interior de várias espécies marinhas, ocasionando a morte.

Texto: Natália Matos / Ascom – deputado federal Vavá Martins
Foto: Will Santos